Percepção dos contadores atuantes do município de Apodi-RN acerca do risco fiscal

Jéssica Gomes Câmara, Wiliane de França Felipe, Wênyka Preston Leite Batista da Costa, Sérgio Luiz Pedrosa Silva, Jandeson Dantas da Silva

Resumo


A implementação do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) promoveu um impacto direto no risco fiscal sofrido por todos os contribuintes. Exigindo principalmente do profissional contábil, uma maior atenção, já que o mesmo funciona como intermediador no que se refere à transmissão de informação entre o fisco e seus clientes. O presente estudo teve como objetivo principal conhecer e investigar como os contadores reagem diante dos riscos a que estão expostos ao exercerem atividades de assessoria fiscal. Quanto à metodologia, optou-se por uma pesquisa de caráter descritivo, com abordagem quantitativa, tratando-se de um levantamento de dados com contadores do município de Apodi-RN. Como instrumento de pesquisa, utilizou-se um questionário impresso, aplicado aos contadores que prestam serviço na cidade de Apodi. Após a análise dos resultados constatou-se, que os profissionais contábeis do município de Apodi, estão cientes dos riscos a que estão expostos, como já era de se esperar num cenário tão complexo. Além disso, também foi possível evidenciar as medidas utilizadas para a mitigação dos riscos fiscais.

 

Palavras Chave: Risco fiscal. Risco tributário. Organização contábil.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Programa de Pós Graduação Mestrado Profissional e Doutorado em Administração - PPGA