Disclosure voluntário nas empresas dos segmentos especiais da BM&FBOVESPA

Monike Silva Melo, Carla Renata Silva Leitão

Resumo


 

O objetivo do artigo é analisar o nível de disclosure voluntário das empresas listadas nos segmentos especiais da BM&FBOVESPA, utilizando a métrica de Murcia (2009) para análise das informações econômicas, sociais e ambientais. Sobre a metodologia utilizada, o estudo classifica-se como descritivo e de abordagem quantitativa. A amostra, caracterizada como não probabilística, foi composta por 36 empresas não financeiras pertencentes ao nível 1 e nível 2 de governança corporativa da BM&FBOVESPA. Na análise dos dados, observou-se que as empresas listadas nos segmentos de governança estudados não divulgam todas as informações consideradas voluntárias e que as informações que são divulgadas não obedecem a um padrão. Sobre o nível de disclosure voluntário das informações econômicas, obtiveram-se 55,72% para as empresas do nível 1 de governança e 56,5% para o nível 2; para as informações sociais, obtiveram-se 42,86% no nível 1 de governança e 42,56% no nível 2; já para as informações ambientais, obteve-se o percentual de 23,18% para o nível 1 e 26,67% para o nível 2. Com os resultados, o artigo pretende contribuir com o estudo das práticas relacionadas ao disclosure voluntário, auxiliando especificamente na compreensão desse comportamento no mercado brasileiro.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Programa de Pós Graduação Mestrado Profissional e Doutorado em Administração - PPGA