Combinação de negócios nas companhias brasileiras BRF S.A. E FIBRIA S.A.: uma análise dos impactos nos índices financeiros e no valor de mercado após a reestruturação societária.

Luciano Júlio Fernandes de Carvalho, Igor Vasconcelos Nogueira

Resumo


A combinação de negócios é utilizada pelas mais diversas companhias ao redor do mundo por diferentes motivos. Sendo ainda incertos os resultados obtidos após o processo, o objetivo do trabalho foi analisar os impactos nos índices financeiros das companhias brasileiras BRF S.A. e Fibria S.A. após a combinação de negócios, por serem empresas líderes de mercado e que passaram por momentos difíceis com suas empresas antecessoras, endividadas com derivativos financeiros na crise do subprime. Para a coleta dos dados foram utilizados demonstrativos contábeis retirados diretamente dos endereços eletrônicos das companhias e, também, da Comissão de Valores Mobiliários – CVM quando não encontrados na primeira alternativa. Para as análises foram utilizados os métodos de análise horizontal e vertical, assim como os indicadores de liquidez, estrutura de endividamento, rentabilidade, as margens líquidas, operacionais e EBITDA, além de uma breve análise comparativa do valor de mercado das ações no final de cada exercício. Como resultado pôde-se concluir que de fato a combinação de negócios nas companhias foi favorável. No entanto, após se restabelecerem novamente no mercado, fatores internos e externos fizeram com que seguissem caminhos diferentes, uma vez que, a BRF S.A. continuou melhorando seus resultados, enquanto que a Fibria S.A. logo após a reestruturação societária apresentou resultados mais elevados e posteriormente, voltou a apresentar resultados líquidos negativos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Programa de Pós Graduação Mestrado Profissional e Doutorado em Administração - PPGA