ESTRUTURA DE REDE DAS “MELHORES EMPRESAS PARA SE TRABALHAR” GERADA POR INDICADORES DE RENTABILIDADE

Leticia Aparecida Origuela, Gilberto Aparecido Prataviera

Resumo


Neste trabalho é realizado o estudo da estrutura de redes de empresas que investem em gestão de pessoas obtidas a partir de seus indicadores financeiros. A amostra selecionada para pesquisa contém empresas do guia “As melhores empresas para se trabalhar” publicado pela revista VOCÊ-S/A que negociam suas ações na bolsa de valores BM&F BOVESPA. As empresas foram caracterizadas pelos indicadores anuais Giro do Ativo, Margem Líquida, Retorno sobre o ativo total (ROA) e Retorno sobre o patrimônio líquido (ROE). A estrutura de rede das empresas e as métricas associadas são obtidas de uma matriz de adjacência ponderada pelo valor absoluto da correlação entre os indicadores. Os resultados da pesquisa sugerem que as empresas estão significativamente conectadas apenas na rede do indicador Giro do Ativo, enquanto as redes dos indicadores Margem Líquida, ROA e ROE apresentam baixa densidade. A formação de grupos similares é destacada nas redes obtidas a partir dos indicadores Giro do Ativo e ROA.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Programa de Pós Graduação Mestrado Profissional e Doutorado em Administração - PPGA